Buscar
  • Douraglass

Vale a pena usar película para vidros? Veja agora!

As construções modernas sempre visam à sustentabilidade. O objetivo é otimizar o uso dos recursos para ter qualidade de vida e redução de custos ao mesmo tempo. Para alcançar esse objetivo, muitas pessoas pensam em usar a película refletiva para vidro. Porém, será que realmente vale a pena?


A ideia é válida, mas as características desse produto precisam ser consideradas. Somente dessa forma é possível oferecer uma resposta precisa. Para ajudar nesse processo de decisão, criamos este post com as informações sobre a película para vidros. Confira.



O que é a película refletiva para vidros?


A película refletiva para vidros — também chamada de insulfilm espelhado de controle solar para arquitetura — é um recurso utilizado para a proteção contra os raios solares. O propósito é reduzir a radiação ultravioleta (UV), tanto para manter a saúde dos moradores quanto para evitar a deterioração e o desbotamento dos objetos.


Da mesma forma, é uma alternativa para manter a temperatura agradável no ambiente. Ou seja, há o intuito de reduzir o consumo de energia devido ao menor uso do ar-condicionado. Porém, isso nem sempre acontece.


Onde usar esse recurso?


A película é usada nos vidros, especialmente em locais com ampla incidência de claridade. Além de buscar o conforto térmico, o recurso também é utilizado com outros propósitos. Por exemplo, melhorar a visibilidade da tela do computador e de aparelhos de televisão.


Ainda é adotado com o intuito de garantir mais privacidade, já que a película refletiva para vidro em cor fumê fica escura durante o dia. No entanto, à noite ela se torna transparente. Portanto, o lado interno do edifício ou da residência nem sempre fica preservado.



Vale a pena usar a película refletiva para vidros?


Para chegar a essa conclusão, é preciso entender as características deste produto. Veja quais são elas e como é o desempenho da película para vidro em cada um desses aspectos.


Redução de calor

Muitas películas bloqueiam os raios UVA e UVB, mas nem todas alcançam esse efeito. Elas precisam ser refletivas ou espelhadas, semirrefletivas ou metalizadas, ou de controle incolor. No entanto, não há proteção 100%.


Aumento da privacidade

Esses recursos podem bloquear a visão e a luminosidade em níveis variados. No entanto, nem sempre reduzem o calor ao mesmo tempo. Ou seja, você pode adquirir o produto e não ter o efeito desejado.


Segurança

É o caso das películas com o efeito de segurar o vidro no lugar, caso quebre. Alguns modelos que controlam o calor e aumentam a privacidade oferecem esse benefício. Porém, nem todas oferecem esse benefício.


Em outras palavras, você pode conseguir um benefício, apenas. Para ter mais de um, precisará fazer um investimento maior. Ainda assim, o resultado poderá ficar diferente do esperado.


Durabilidade

A longo prazo, com o impacto da umidade e do calor, a película de vidro pode apresentar danos, tais como desgrude, bolhas e fissuras.



Existem alternativas?


Sim. Em vez de usar a película refletiva, você pode usar os vidros de controle solar, ou de eficiência energética. Também chamados de refletivos ou espelhados, eles podem ser laminados e temperados.


Em qualquer um dos casos, eles reduzem o excesso de luz solar. Com isso, a passagem de calor pode diminuir em 70%. Além disso, os vidros são escolhidos de acordo com as suas necessidades.


Assim, é possível escolher os vidros de eficiência energética com o índice de refletividade adequado. Eles são divididos da seguinte forma:

  • alta refletividade: desempenho acima de 25%;

  • média refletividade: performance entre 15% e 25%;

  • baixa refletividade: desempenho abaixo de 15%.

A partir desse índice, é possível determinar qual será o conforto térmico sentido pelos moradores, assim como ocorrerá o controle de luz nos ambientes. Com todas essas características, os principais benefícios dos vidros de controle solar são:

  • melhor desempenho da exposição ao sol, com bloqueio de até 70%;

  • melhor aproveitamento da climatização interna;

  • controle da luz natural, com consequente redução do ofuscamento óptico e aumento do nível de conforto;

  • possibilidade de reduzir em 99% a ação dos raios UV nos casos dos vidros de eficiência energética laminados;

  • privacidade durante o dia devido ao efeito espelhado;

  • design inovador e moderno, inclusive com beleza estética. Por isso, é bastante usado em fachadas corporativas, fechamento de sacadas e pele de vidro para edifícios;

  • aumento do valor agregado, porque o vidro traz um diferencial para o projeto, seja corporativo, seja de alto padrão.

Portanto, a escolha de vidros fabricados especialmente para a finalidade de redução do calor e conforto térmico é melhor. Isso porque o material é mais eficiente e bonito. Assim, você tem toda a segurança, privacidade e bem-estar que deseja, sem precisar da película refletiva para vidro.


Agora que você sabe como esse produto pode beneficiar seu projeto, que tal saber como satisfazer seus clientes? Veja 5 atitudes que podem torná-los mais felizes na relação com sua vidraçaria.


8 visualizações0 comentário